Bariloche: a Patagônia Argentina

No sul da Argentina, colado aos pés da Cordilheira dos Andes, está um dos destinos mais famosos quando o assunto é inverno na América do Sul. San Carlos de Bariloche, ou apenas Bariloche, é a porta de entrada e centro turístico mais visitado da Patagônia Argentina. Localizada na província de Rio Negro, a cerca de 1.500 km de Buenos Aires, Bariloche encanta pelas montanhas cobertas de neve, pela ótima infraestrutura da cidade e pelas diversas atividades que atarem tanto os turistas mais aventureiros como os que buscam apenas descansar no frio da Patagônia.

Colonizada por austríacos e alemães, não se assuste ao chegar na cidade e se deparar com vários turistas arriscando um portunhol: “Brasiloche”, como é carinhosamente chamada, é o ponto preferido dos brasileiros para curtir o inverno no Hemisfério Sul. Conheça os encantos de Bariloche, a cidade cujos bosques arrayanes – uma planta que só existe na região – teriam inspirado Walt Disney a criar o desenho animado Bambi!

 
 

Atrações de Bariloche

Situada às margens do Lago Nahuel Huapi, Bariloche deriva de “Vuriloche”, nome original dado pelos povos indígenas que habitam a região, que significa algo como “povo do outro lado da montanha”. Montanha esta, que na verdade são várias, responsável por composição da paisagem encantadora de toda cidade. Com cerca de 130 mil habitantes, Bariloche é bastante arborizada, com atrações que envolvem contato com natureza, circuito de compras, lagos de cores deslumbrantes e boa gastronomia.

  

Cerro Catedral

É a principal área de esqui da cidade, com dezenas de pistas para todos os níveis de praticantes nos 120 km de percursos, incluindo uma escolinha de esqui e snowboard. Possui lojinhas, restaurantes, trilhas para caminhas e teleférico para quem só quer observar a paisagem.

 
 

Cerro Campanário

Às margens do Lago Hahuel Huapi, o morro tem 1.049 metros de altura, cujo acesso é feito por meio de teleférico. Com uma vista maravilhosa da região.

 
 

Circuito Chico

O famoso tour pela cidade percorre cerca de 60 km, do centro até o hotel Llao Llao, construído na década de 1940, com diversas atrações e paradas pelo caminho.

 
 

Cerro Otto

Outro ponto com vista privilegiada, com o diferencial de abrigar a Confeitaria Giratória – a estrutura gira 360 graus proporcionando ao turista uma visão completa da região enquanto come sua refeição.

 
 

Centrinho de Bariloche

Apesar de pequena, Bariloche recebe muitos visitantes e, principalmente no inverno, é muito movimentada! Viste as lojas da rua Mitre, com lojas de diversos artigos, incluindo os famosos chocolates de Bariloche.

 
 

Museu do Chocolate

Por falar em chocolate, a fábrica Havana – marca argentina – oferece um tour pela história e processos de fabricação do chocolate no museu. A visita é guiada e deliciosa!

 
 

Vila La Angostura

A cerca de 80 Km de Bariloche, a Vila é pequena e tem a mesma paisagem incrível da região. Lá está o Cerro Bayo, outra super estação de esqui. É possível fazer um bate e volta de ônibus até a Vila.

 
 

Gastronomia

A comida em Bariloche é uma atração em si. Há vários restaurantes típicos na cidade, como Familia Weiss, especializado na cozinha patagônica. Saboreie as parrilladas, empanadas, o famoso doce de leite argentino, um fondue para enganar o frio e desfrute da prata da casa, o Malbec argentino. El Boliche de Alberto, El Patacón e La Marmite.

 
 

Visite Bariloche no auge do inverno! A ConexTravel tem uma pacote ideal para você curtir o frio da Patagônia nas férias de julho. O pacote inclui aéreos saindo de São Paulo, traslados, 7 dias de hospedagem com café da manhã e seguro viagem!

Não perca tempo! Garanta suas férias na neve e prepare seus agasalhos para o frio de Bariloche! Fale com a Conextravel!

Leave a Reply